terça-feira, 8 de julho de 2014

Naquela noite

A luz da lua
Era a única que iluminava o lugar
As janelas estavam abertas
E a brisa noturna
Roçava nossas peles
Eu sentia você deitado
Com a cabeça sobre minha barriga
Via seu sorriso
Iluminado pelo luar
E o toque frio da noite
Só nos fazia nos aproximarmos mais
E ficarmos cada vez
Mais juntos
Parecíamos um só
Naquela noite
Um só... Aquecendo-nos
Com o calor de nossa pele
Você sorrindo para mim
Eu arfando baixinho
Sentíamos o ritmo de nossos corações
Eles cantavam em uníssono
Como um só
Como nós
Naquela noite
E a brisa continuava soprando
E você continuava sorrindo
E eu não podia deixar de sorrir também
Naquela noite...

2 comentários :

  1. Que lindo :)
    Bem sútil,suave e doce né? ehehehehhe


    beeijos :)
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir